A todos aqueles que me pedem informações através dos comentários, peço por favor que deixem o contacto de email para que possa responder às dúvidas colocadas ou enviem um email para


milkaleite@hotmail.com




Obrigada e voltem sempre! :)


Encontre o que precisa neste blog

Carregando...

Siga-me através do seu email

sexta-feira, 7 de março de 2008

Desenvolvimento da criança (de 5 a 6 anos)

Desenvolvimento Físico


A preferência manual está estabelecida;

• É capaz de se vestir e despir sozinha;

• É capaz de assegurar a sua higiene de forma independente;

• Pode manifestar dores de estômago ou vómitos quando obrigada a comer comidas de que não gosta; tem preferência por comida pouco elaborada, embora aceite uma maior variedade de alimentos;

Desenvolvimento Intelectual

Fala fluentemente, utilizando correctamente o plural, os pronomes e os tempos verbais;

• Grande interesse pelas palavras e a linguagem;

• Pode gaguejar se estiver muito cansada ou nervosa;

• Segue instruções e aceita supervisão;

• Conhece as cores, os números, etc.; pode identificar e distinguir euros e cêntimos;

• Capacidade para memorizar histórias e repeti-las;

• É capaz de agrupar e ordenar objectos tendo em conta o tamanho (do mais pequeno ao maior);

• Começa a entender os conceitos de "antes" e "depois", "em cima" e "em baixo", etc., bem como conceitos de tempo: "ontem", "hoje", "amanhã";

Desenvolvimento Social

A mãe é ainda o centro do mundo da criança, pelo que poderá recear não a voltar a ver após uma separação;

• Copia os adultos;

• Brinca com meninos e meninas;

• Está mais calma, não sendo tão exigente nas suas relações com os outros; é capaz de brincar apenas com outra criança ou com um grupo de crianças, manifestando preferência pelas crianças do mesmo sexo;

• Brinca de forma independente, sem necessitar de uma constante supervisão;

• Começa a ser capaz de esperar pela sua vez e de partilhar;

• Conhece as diferenças de sexo;

Aprecia conversar durante as refeições;

• Começa a interessar-se por saber de onde vêm os bebés;

• Está numa fase de maior conformismo, sendo crítica relativamente àqueles que não apresentam o mesmo comportamento;

Desenvolvimento Emocional

Pode apresentar alguns medos: do escuro, de cair, de cães ou de dano corporal, embora esta não seja uma fase de grandes medos;

• Se estiver cansada, nervosa ou chateada, poderá apresentar alguns dos seguintes comportamentos: roer as unhas, piscar repetidamente os olhos, fungar, chuchar no dedo, etc.;

• Preocupa-se em agradar aos adultos;

• Maior sensibilidade relativamente às necessidades e sentimentos dos outros;

• Envergonha-se facilmente;

Desenvolvimento Moral

Devido à sua grande preocupação em fazer as coisas bem e em agradar, poderá por vezes mentir ou culpar os outros de comportamentos reprováveis.

SINAIS DE ALERTA

· Medos excessivos;

· Ansiedade de separação extrema;

· Enurese nocturna;

· Timidez;

· Comportamentos de bullying relativamente aos pares;

· Inibição manifesta nas brincadeiras;

· Comportamentos ritualísticos, sobretudo à volta da comida;

· Problemas na fala persistentes;

· Falta de interesse pelos outros;

· Ansiedade: tiques; onicofagia (roer as unhas);

· Sono: dificuldade em adormecer sozinho; insónias.

2 comentários:

Anônimo disse...

gostei muito de consultar o teu blog. foi por causa de um trabalho que o descobri...tava a pesquisar e ajudou imenso nas materias que pretendia.
ja agora uma pergunta: ja leu este livro: "BeBe-Mae primeira relaçao humana" autor Daniel qualquer coisa num recordo agora oiu entao um outro autor Dr. Eduardo Sá com este livro tambem mas tambem um outro " varias maneiras de sermos bons pais"
Se possivel gostava de obtter resposta. Andreia


sitte

Camila Isabel Cruz Souza disse...

qual a fonte dessa pesquisa?
obrigada